“Cruzeiro do Neymar” tem patrocínio de empresa investigada.

O evento “Ney em Alto Mar”, promovido pelo jogador Neymar Jr. no navio MSC Preziosa, começa nesta terça (26) e tem como patrocinador a empresa Blaze, plataforma de apostas e jogos de azar investigada por suspeita de estelionato. A empresa vai batizar o cassino instalado no cruzeiro.

A Blaze teve R$ 101 milhões bloqueados pela Justiça após denúncias de apostadores que não receberam seus prêmios. A polícia também investiga influenciadores que promoveram a plataforma, como Viih Tube, Juju Salimeni, Jon Vlogs, Juju Ferrari, Mel Maia e Rico Melquiades.

Neymar é um dos embaixadores da Blaze desde dezembro de 2022 e faz diversos posts promovendo os jogos da plataforma.

Outra empresa envolvida com o evento é a Wepink, da influenciadora Virginia Fonseca, que já promoveu jogos de azar nas redes sociais e foi acusada recentemente de comprar um carro de luxo de R$ 2 milhões “enganando pessoas”. O jogador é sócio da influencer na empresa de cosméticos.

O cruzeiro, batizado de “Ney em Alto Mar”, partiu de Santos, no litoral de São Paulo, e fará uma parada em Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

O atleta confirmou que participará do evento e já chegou ao navio. O cruzeiro conta com a presença de diversos famosos e shows de artistas como Péricles, Belo, MC Poze do Rodo, MC Guimê e Livinho.