Nome sujo? CPF está negativado? Veja como limpar!

Um dos principais cadastros de restrição ao crédito permite consulta gratuita para verificar a situação do CPF. Isso impacta diretamente no acesso a crédito para compras a prazo, financiamentos ou cartões de crédito.

Antes de negativar o CPF, a empresa credora geralmente notifica o consumidor e envia informações às entidades como Serasa e SPC Brasil.

Para verificar gratuitamente se está com o nome sujo, você pode consultar os principais órgãos de proteção ao crédito:

  • Serasa:
    • Através do site da Serasa;
    • Usando o aplicativo para celular disponível na Google Play e na Apple Store;
    • Por telefone, no número 0800 591 1222.
  • Boa Vista SCPC:
    • No site do Boa Vista SCPC (Consumidor Positivo);
    • Pelo aplicativo para celular disponível na Google Play e na Apple Store.
  • SPC Brasil:
    • Através do site do SPC Brasil;
    • Usando o aplicativo para celular disponível na Google Play e na Apple Store.

Como limpar o nome?

Quando o nome está negativado, é crucial regularizar a situação para recuperar o acesso ao crédito no mercado. Se a dívida é reconhecida, você pode negociar diretamente com a empresa credora. Caso não reconheça a dívida por suspeita de fraude, deve comunicar o ocorrido à empresa e solicitar a exclusão do cadastro.

Se a dívida já foi paga e não reconhecida pela empresa, é necessário comprovar o pagamento para solicitar a exclusão do nome. Em casos de negociação da dívida, a retirada do CPF do cadastro de inadimplentes deve ser efetuada logo após o pagamento da primeira parcela.

Renegociação da dívida

Uma opção para limpar o nome é participar de feirões de renegociação, como o Feirão Limpa Nome da Serasa, que oferece descontos especiais para quitar dívidas. Além disso, órgãos como Febraban e Procons promovem feirões online, facilitando a negociação entre consumidores e instituições financeiras.

Prescrição da dívida

Outra possibilidade é aguardar o prazo de prescrição da dívida, após o qual ela não pode mais ser cobrada. Os prazos variam conforme o tipo de dívida, como:

  • 3 anos para notas promissórias, letras de câmbio, aluguéis, entre outros;
  • 5 anos para impostos, multas de trânsito, contas de água, luz, telefone, entre outros.

Seguindo estas orientações, é possível verificar se o CPF está negativado, como limpar o nome e retomar o acesso ao crédito de forma regularizada no mercado.