Quer ir para o Canadá? Cuidadores estrangeiros serão contratados

O governo do Canadá lançou novos programas para incentivar a contratação de estrangeiros como cuidadores no país. Até 2026, mais de 15 mil imigrantes que exercerem essa função poderão ser admitidos como residentes permanentes, conforme anunciou o Departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC).

Os profissionais admitidos trabalharão cuidando de crianças, idosos e pessoas com deficiência em domicílio. Outra possibilidade é atuar em organizações que fornecem cuidados temporários ou de meio período para pessoas que são semi-independentes ou estão se recuperando de uma lesão ou doença.

Critérios de Inscrição

O governo ainda não divulgou detalhes específicos sobre como os interessados podem se inscrever, mas já adiantou alguns critérios necessários:

  • Atingir, no mínimo, o nível 4 de proficiência em inglês, com base no Canadian Language Benchmarks (CLB).
  • Possuir o equivalente a um diploma de ensino médio canadense.
  • Ter experiência de trabalho recente e relevante.
  • Receber uma oferta para um emprego de assistência domiciliar em tempo integral.

Impacto e Continuidade

Os novos programas substituem dois programas anteriores de apoio a cuidadores imigrantes, que terminaram em junho. O governo estuda a possibilidade de tornar as novas iniciativas permanentes. Em abril, quase 5,7 mil cuidadores e seus familiares se tornaram residentes permanentes do Canadá graças aos programas anteriores, segundo o departamento de imigração.

Essas ações representam um esforço significativo para suprir a demanda por profissionais de cuidados no Canadá, ao mesmo tempo em que oferecem oportunidades de residência permanente para trabalhadores qualificados de diversas partes do mundo.

Para mais informações, continue acompanhando as atualizações da 106 FM.