SC registra menor patamar de furtos e roubos de veículos em 4 anos

Santa Catarina atingiu o menor número de roubos e furtos de veículos nos últimos quatro anos em 2023. Separadamente, a queda chegou a 19,63% em relação aos roubos e 8,6% se comparado o número de furtos.

Os dados são da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DFRV) e mostram a diminuição dos dois crimes que variam de 1 a 10 anos de prisão

A redução dos crimes é atribuída à ação integrada de inteligência entre os órgãos de segurança pública de Santa Catarina. Segundo o delegado Diego Azevedo, as autoridades têm investigado quadrilhas especializadas na compra e venda de peças automotivas.

O furto consiste na subtração de coisa alheia móvel para si ou para outro, com o objetivo definitivo de posse. O crime é passível de pena de reclusão que pode variar de 1 a 4 anos e multa. No furto, não há violência ou grave ameaça.

Já no roubo, há a existência de violência ou ameaça, e a pena é mais severa. De acordo com o Código Penal, que comete o crime pode ser condenado entre 4 a 10 anos de prisão, além de multa.