Vacinação: Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

para uma população-alvo de 75,8 milhões de pessoas. A campanha de vacinação começou oficialmente em 25 de março.

“Esperamos imunizar 75 milhões de pessoas através do SUS, incluindo:
Idosos, gestantes, trabalhadores da saúde, crianças até 6 anos e professores da rede pública de ensino”, afirmou a ministra da Saúde, Nísia Trindade, na ocasião.

Os estados com as menores porcentagens da população vacinada são Mato Grosso (14,36%), Bahia (14,92%) e Rio de Janeiro (17,76%).

Em 2024, a vacinação contra a influenza ocorrerá no primeiro semestre do ano nas regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, enquanto no Norte será no segundo semestre. A mudança na estratégia, desde 2023, busca atender às particularidades climáticas da região, que inicia no período do Inverno Amazônico, quando há maior circulação viral e de transmissão da gripe.

Neste ano, a composição da vacina é destinada a proteger contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B.