Zezé Di Camargo é condenado após ficar 10 anos sem pagar conta de água.

Zezé Di Camargo enfrenta questões judiciais devido a uma dívida não quitada de água em um imóvel em Goiânia. A Companhia Saneamento de Goiás (Saneago) moveu uma ação, resultando na condenação do cantor pela 7ª Vara Cível de Goiás, que determinou a penhora dos valores nas contas do artista. A dívida, originada entre 1994 e 2004, totaliza mais de R$ 17,4 mil. Posteriormente, a responsabilidade passou para a Lourenço Construtora, condenada por débitos de 2004 a 2008.


A assessoria de Zezé afirmou que ele não tem propriedade em Goiânia, sugerindo que as contas podem se referir a um antigo imóvel, que permaneceu no nome dele. Quanto à penhora, a equipe do cantor não tem informações precisas.

A nota da equipe jurídica alega que a notificação não chegou diretamente a Zezé, prejudicando a ciência prévia sobre o processo, e destaca que a legalidade do bloqueio será avaliada pelo Tribunal de Justiça de Goiás.

Segundo informações da Revista Fórum, a dívida pertence a um antigo proprietário do imóvel, e a empresa vendedora quitou sua parte. Zezé busca reverter a sentença, e se bem-sucedido, o ex-dono assumirá as contas pendentes. A Saneago, citada na ação, recusou-se a comentar, alegando conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).